Tenho dívida condominial, mas é meu único imóvel, mesmo assim posso perde-lo ?

A dúvida é frequente a interpretação errônea da legislação pode culminar em prejuízos elevados. Isso porque, em que pese à regra geral disciplinar ser impenhorável o imóvel residencial, quando for bem de família, nos moldes do art. 1.715 do CC e Lei 8.009/90 resta evidente que a impenhorabilidade deixa de existir quando há ocorrência de dívida de despesas condominiais.

Dessa forma, até porque não há nenhuma discussão jurisprudencial sobre o tema, é fato que o inadimplemento das taxas condominiais poderá culminar com o leilão do bem e, posteriormente, em situação extrema, até com a determinação judicial para desocupação do imóvel com uso de força policial.

Portanto, é aconselhável aos inadimplentes que busquem orientação profissional tão logo o débito supere três meses e imediatamente após qualquer citação judicial, no afã de evitar a majoração dos prejuízos.

“Art. 1.715 – O bem de família é isento de execução por dívidas posteriores à instituição, salvo as que provierem de tributos relativos ao prédio, ou de despesas de condomínio.”

“STJ – AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO AgRg no Ag 355145 SP 2000/0138601-8 (STJ) – Data de publicação: 19/11/2001 – Ementa: PROCESSUAL CIVIL. DESPESAS CONDOMINIAIS. BEM DE FAMÍLIA. PENHORABILIDADE. LEI N. 8.009 /90. EXEGESE. A jurisprudência das Turmas integrantes da 2ª Seção do STJ pacificou-se no sentido da possibilidade da penhora de imóvel que serve de residência à família do devedor para assegurar pagamento de dívida oriunda de despesas condominiais do próprio bem. II. Agravo improvido. Incidência da Súmula n. 83 do STJ.”

1 Comentário

  1. […] assunto já foi abordado anteriormente (veja aqui), mas a dívida é recorrente, razão pela qual, evitando o uso de termos mais técnicos, almejo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Agora Conosco
1
Precisa de Ajuda?
(Via Adv-Cond) Olá. Escreva de forma resumida sua dúvida para que possamos analisar o quanto antes.